Na Livraria Cultura ontem, GAIDU e MGU (Movimento Gaucho de Ufologia e Grupo Aldebaran de Investigações e Descobertas Ufológicas) debateram comunicações extraterrestres sobre domínio da Terra por mutantes psicopatas.

 A mutação é frequente: 1% de mulheres e 3% de homens, e constitui uma dupla a aberração:

 Mutações são experimentos da competição da vida aperfeiçoando-se em 4 bilhões de anos na Terra num Universo de quase 13 bilhões de anos. Psicopatia é involução, retrocesso: são inferiores: animais racionais, frios e calculistas desprovidos de juízo de valor, emoções e intuição.

 A ecologia do juízo de valor habilitou a humanidade a superar inúmeras adversidades e ambientes hostis. Os psicopatas não possuem essa habilidade, a área do cérebro que a faz é inativa neles.

 Os mutantes são incapazes de experiência emocional ou de conexão espiritual. Não possuem intuição direcionando a criatividade e nem possuem emoções como a coragem e a motivação as quais permitem aos humanos superarem dificuldades quase intransponíveis.

 Apesar de ser inferior, consegue manipular humanos porque processa informações mais rapidamente pois não realiza o juízo de valor que, no humano, condiciona e retarda todo o processamento. São como computadores sem antivírus: parece mais rápido porque realizam operações inseguras.

 Cedo, viciam-se na sensação de poder conferida por manipular passando a considerarem-se superiores a nós, humanos, devido à relativa facilidade com que nos enganam. Essa manipulação é realmente facilitada por três fatores:

 - A maioria da população ignora existirem essas armadilhas ambulantes especialistas em fingir emoções, desinformar, mentir, jogar uns contra os outros... A primeira regra para evitar uma trampa é saber que existe! As pessoas precisam ser avisadas sobre existirem 2% de mutantes com aparência humana.

 - É comum os humanos viciarem-se em decidir superficialmente, praticamente sem informações e nenhuma ponderação para evitar pensar. A mídia induz à terceirizar o pensamento, deixando os outros decidirem, e o subconsciente aceita essa estratégia para economizar. Pensar cansa! O cérebro gasta mais de 1/3 da energia do corpo.  

 O "não pensar por si mesmo" é acentuado pelo terrorismo na saúde pública transgênica e tóxica e a dieta incapacitante adocicada da indústria da morte http://bit.ly/acucarada -  http://bit.ly/refrigernte  comprometendo a capacidade cerebral.

 O engodo do flúor, sozinho, reduz em + de 5% capacidade cognitiva https://goo.gl/njcnvS - http://bit.ly/agroterrorismo 

  Ainda pequenos, psicopatas percebem a atividade humana ter como vértice as emoções http://bit.ly/4plano especializando-se em as usar as técnicas relacionadas em http://bit.ly/desumanos e http://bit.ly/perigosos 

Portanto, essa mutação parece uma aberração, contrariando a natureza evolutiva da vida constatada ao longo de 4 bilhões de anos.

Ademais, essa mutação não é transmitida aos descendentes - contrariando a própria natureza da mutação, suscitando a hipótese de ser artificialmente induzida, explicando muita coisa.

Exibições: 84

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Não sei se essa hipótese mutante é real, Mas, de resto está perfeito. São assim mesmo que os psicopatas funcionam. Outra hipótese especulativa é de que a psicopatia se deva a genes remanescentes do Homo Nierdenthalis, que antes de se extinguir coexistiram com o Homo Sapiens durante algum tempo. Como os psicopatas eram destituídos de sentimentos, não tinham religiosidade e não formavam famílias, viviam em bandos que atacavam as comunidades dos Homo Sapiens para saquearem e estuprar mulhers. Através desses estupros alguns genes deles foram transmitidos aos Homo Sapiens e dessa forma ainda sobrevivem entre nós causando a psicopatia. Acho uma hipótese mais plausível. Seja como for, o fato é que os psicopatas são uma realidade e, realmente, as pessoas precisam ser mais informadas sobre sua existência para se protegerem. Especialmente, são necessárias medidas para evitar que cheguem ao poder. A lei da "Ficha Limpa" já foi uma boa medida nesse sentido, mas é preciso se criar mais barreiras. 

Responder à discussão

RSS

Badge

Carregando...

Aniversários

Sobre

© 2017   Criado por Projeto Crisálida.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço